quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

#22 Tipo Boteco Exportação

Em Porto Alegre, o bairro Cidade Baixa, é um antro de bares, botecos, pubs, restaurantes e casas noturnas. Até para os mais distraídos é impossível passar por ali e não perceber a paisagem e o aglomerado de gente se movimentando para todos os lados. Escolher uma opção entre tantas é trabalho difícil às vezes. 

Para os que procuram um lugar para comer bons petiscos e curtir música ao vivo acompanhados de uma cerveja geladinha, podem adentrar no Tipo Boteco Exportação. A casa aparentemente nova, conduz com maestria o bom atendimento. 
Um boteco grande, com àrea externa para os dias quentes de verão e a parte interna provida de ar condicionado para se refrescar enquanto se acompanha os shows de música ao vivo.


De cima é possível acompanhar todo o movimento do boteco e ter ainda uma ótima vista das bandas que se apresentam.



O balcão é típico dos que servem muita cerveja e chope gelado, mas também há espaço para os vinhos e destilados. O espaço interno é amplo e aconchegante.

Diversos músicos e bandas regionais se apresentam com frequencia neste boteco. A MPB, o Pop/Rock e o Samba são os carros chefes da agenda do Tipo Boteco Exportação. Segundo o site deles, acontecem shows de segunda a segunda. Nada mal para quando você estiver sem inspiração para escolher um lugar pra sair.

A parte do mezanino enche facilmente, embora não seja pequena, pois o local parece ser privilegiado.
 

O chope da Brahma de 350 ml sai por R$ 5,50, mas se você for acompanhado da galera a boa  é pedir uma  cerveja uruguaia - Norteña ou Patrícia, pois com 960, elas saem por R$ 15.
Para escoltar as geladas a casa possui um vasto menu incluindo pizzas, petiscos, comidas de boteco e lanches. O bolinho de bacalhau sai por R$6, o escondidinho de camarão por R$12 e a porção de iscas de picanha grelhada com aipim frio saem por R$37,90.



Atendimento: 10/10.
Área para fumantes: Não.
Comanda Individual: Sim.
Ar condicionado: Sim.
Couvert Artístico: Sim. R$ 6.

Música: Som ao vivo com bandas locais como: Angela Angel, Baú de Vidro, Seu Samba, Banda da Lapa, Guilherme Bulla, Vivi Fields, Rick Proença, Samba de Fato e João Villaverde.
Bebidas: Cerveja em garrafa Nortenã, Patrícia, Zillertal, Bohemia Confraria além do Chope da Brahma muito bem tirado.
Petiscos: Bons peticos, Pizzas e Lanches. As iscas de filé de frango à milanesa saem por R$21,00. O sanduíche Tipo Exportação feito com pão baguette escalopes de filé acompanhado de molho de queijo, tomate e orégano sai por R$16,50.
Localidade:Cidade Baixa. Existem boas opções próximas (Boteco Dona Neuza, Dhomba e Hostel Casa Azul) Não precisa andar mais que 2 quadras.
Estacionamento: Não. Porém existe um estacionamento na mesma quadra um pouco antes na Lima e Silva.
Tamanho: 150 a 200 pessoas aproximadamente.
Funcionamento: Aberto todos os dias a partir das 17h. Nos domingos a partir de 17h30.
Endereço: 
General Lima e Silva, 898.  Tel (0xx)51 32761484 ,  51 32861484
                 Cidade Baixa - Porto Alegre - RS
Site: www.tipoboteco.com.br





Exibir mapa ampliado

4 comentários:

  1. Jorge Rodrigo Sartori4 de março de 2012 11:57

    Realmente este barzinho, se é que pode ser chamado assim, não deixa nada a desejar para os que procuram uma boa música, aperitivos deliciosos e bebida bem gelada.

    Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  2. Jorge, obrigado pelo comentário. Espero postar daqui para frente com mais regularidade.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Falemos sobre o Boteco Exportação:
    Trata-se de um bar comum, nada demais, do estilo do Pinguim ou do Cotiporã, sendo que esses últimos levam franca vantagem por terem cerveja mais gelada (e barata). Aliás, sobre cerveja, as opções são mínimas e não há meio termo: ou você bebe uma cerveja bem popular (a preço de artesanal) ou bebe artesanal (a preço de espumante importado).
    Os petiscos são, na maioria, encharcados na gordura e repleto de queijo de péssima qualidade. Não há muitas opções, a variedade é outro ponto fraco.
    Outro fator desagradável é uma cobrança de 25,00 para ouvir um pagode que mais lembra amigos em roda de churrasco. E não importa se você sentar na sauna que é a área externa e não escutar nada, o salgado “couvert artístico” é cobrado indiscriminadamente. Lembrando que qualquer couvert em Porto Alegre custa de 8,00 a 10,00 reais.
    Em síntese: o local é caro, petiscos gordurosos, bebidas a preço de Padre Chagas e música ruim. É um Pinguim com preço de Quentis ou Duplex, há muitas opções bem melhores na Cidade Baixa.

    ResponderExcluir
  4. Falemos sobre o Boteco Exportação:
    Trata-se de um bar comum, nada demais, do estilo do Pinguim ou do Cotiporã, sendo que esses últimos levam franca vantagem por terem cerveja mais gelada (e barata). Aliás, sobre cerveja, as opções são mínimas e não há meio termo: ou você bebe uma cerveja bem popular (a preço de artesanal) ou bebe artesanal (a preço de espumante importado).
    Os petiscos são, na maioria, encharcados na gordura e repleto de queijo de péssima qualidade. Não há muitas opções, a variedade é outro ponto fraco.
    Outro fator desagradável é uma cobrança de 25,00 para ouvir um pagode que mais lembra amigos em roda de churrasco. E não importa se você sentar na sauna que é a área externa e não escutar nada, o salgado “couvert artístico” é cobrado indiscriminadamente. Lembrando que qualquer couvert em Porto Alegre custa de 8,00 a 10,00 reais.
    Em síntese: o local é caro, petiscos gordurosos, bebidas a preço de Padre Chagas e música ruim. É um Pinguim com preço de Quentis ou Duplex, há muitas opções bem melhores na Cidade Baixa.

    ResponderExcluir